A moda esportiva passou por várias transformações até se tornar o que nós a conhecemos hoje. Até o comecinho de 1900, os esportes eram voltados somente para a classe privilegiada ou para cunho militar. Mas a partir do momento em que o esporte foi sendo visto como atividade de lazer – e até mesmo de forma profissional, ele foi se popularizando e a preocupação com as vestimentas se tornou essencial.

Hoje em dia, a moda esportiva conta com uma grande variedade de modelos, tecidos e estilos, que podem ser usados para as mais diversas atividades. Roupas resistentes, tecnológicas e com várias funcionalidades permeiam o campo da moda, mas nem sempre as roupas para o treino foram confortáveis e leves. Nós separamos algumas curiosidades para você conhecer um pouquinho mais sobre a evolução da moda esportiva.

Das calças compridas às saias

Nas primeiras décadas do século XX, as mulheres usavam longas calças para praticar atividades físicas, que eram acompanhadas por blusões que cobriam quase até o pulso. Mas com a crise de 1929, o cenário mudou: tecidos mais baratos começaram a ser utilizados, com macaquinhos rente ao corpo e muito mais pele ficando à mostra. Nessa época, as pessoas passaram a praticar atividades físicas ao ar livre, como andar mais de bicicleta, e o uso dos óculos escuros já começaram a aparecer por aí. Foi um período de grande avanço para a moda esportiva feminina.

A era do shortinho

Foi na década de 40 que o shortinho de cintura alta começou a ser incluído como vestimenta para as mulheres. Mais leve, despojado e prático, era sempre acompanhado por uma blusa de manga curta. Os homens também usavam shorts bastante curtos (basicamente no comprimento de uma samba-canção) e regatas para as atividades físicas.

Trajes funcionais e confortáveis

As décadas de 50 e 60 foram marcadas pela funcionalidade e conforto na moda esportiva. Embora ainda fossem utilizados os shorts, calças cigarrete também figuravam nessa época para as mulheres. Os calçados começaram a ser projetados para os treinos, e os looks deixaram de ser usados restritamente para o esporte e começaram a ser incorporados na rotina das pessoas como moda casual.

Os maravilhosos anos 70 e 80

Os anos 70 trouxeram a popularização da ginástica em academia, e as mulheres passaram a usar collants, meia-calça, e roupas cheias de brilho e sensualidade. Alguns trajes masculinos, inclusive, traziam a dupla cropped + shorts como vestimenta. Entretanto, foi a década de 80 que trouxe destaque e relevância para o segmento da moda esportiva. Os vídeos da atriz Jane Fonda fazendo ginástica aeróbica e preparação física ganharam notoriedade. Cabelos soltos, body e collant, polainas coloridas e muita faixa na cabeça marcaram essa época.

A força do collant

O collant permaneceu na década seguinte, muitas vezes sendo usado por cima de shorts. Estampas coloridas, florais e fluorescentes foram a assinatura dos anos 90, até mesmo os homens foram adeptos a essa moda divertida e que foi herdada da década anterior. Além disso, peças de malha sobrepostas também ganharam força.

Dos anos 2000 até agora

Nos últimos 19 anos, muita coisa mudou. A calça legging ganhou destaque por além de ser confortável e modelar o corpo, também combina com várias peças. Desde o começo dos anos 2000 e até os dias de hoje, a moda esportiva tem inspiração no futebol, com várias peças que estampam os logotipos de marcas e clubes.

As mudanças no mundo nos últimos 100 anos refletiram diretamente na evolução da moda esportiva. Para as atividades físicas, antes havia apenas simples tecidos longos e desconfortáveis, hoje o mercado já comporta opções de trajes com ação antibactericida, proteção contra raios UVA e UVB, opções que ajudam no controle da temperatura do corpo, e por aí vai.

Gostou dessa mistura de moda e história? Então continue acompanhando o nosso blog para ler mais matérias como esta!