O plus size é um mercado de moda que vem crescendo a cada ano, porém, ainda é pouco explorado. Consumidores que vestem o tamanho GG ou mais, já perceberam que possuem pouca variedade durante a compra de roupas.

É sabido que se você tem um produto, concorrência um pouco tímida e uma demanda, provavelmente você terá sucesso. É exatamente por isso que o plus size pode ser uma ótima escolha de investimento para lojas que querem ter um salto no crescimento.

Por conta disso, decidimos relatar alguns pontos importantes a respeito desta tendência de mercado, para que você possa atuar de forma positiva e conveniente.

Cenário brasileiro

Mais da metade da população brasileira veste manequim acima de 46, número que é considerado tamanho plus size. A estimativa no Brasil, é que existam em torno de 7.300 lojas, entre físicas e online, voltadas para esse público, e a expectativa para confecção de roupas deste tamanho aumente no ano de 2019.

Crescimento

Um levantamento do Instituto de Estudos do Marketing Industrial (IEMI), mostrou que no primeiro semestre de 2017, em relação ao do ano anterior, a produção de vestuário plus size adulto alcançou a marca de crescimento de 6,9%, contra 3,5% do vestuário adulto em geral.

O mercado plus size representa hoje, 3,5% da produção nacional de vestuário. Espera-se que haja um aumento de 8% para o ano que vem.

Moda praia e Fitness

A moda praia e fitness plus size são as que mais estão vendendo. Engana-se quem pensa que pessoas acimam do peso não procuram roupas para prática de exercício ou um traje de banho para curtir uma praia.

Muitas vezes os varejistas esquecem de disponibilizar um produto de moda fitness em um tamanho maior, o que acaba deixando o público plus size um tanto quanto retraído.

Preferências do público

A moda plus size não tem o objetivo de disfarçar o excesso de peso, mas sim de valorizar o corpo e deixar o público na moda.

  • O ideal é oferecer produtos que tenham um bom caimento, proporcionem conforto e estejam dentro das tendências da moda.
  • Aposte em peças com rendas, brilhos e cores. Mulheres desse nicho adoram peças com mais charme.
  • Para os lojistas, é interessante estar sempre atento às tendências: Assine revistas da moda, acesse blogs e sites deste nicho e siga, nas redes sociais, influenciadoras, empresas e marcas que tragam essas informações.
  • Participe de eventos da moda. Além de trazer informações valiosas, é uma ótima forma de fortalecer o seu network.
  • Treine bem a sua equipe de vendas para atender esse público que exige uma atenção diferenciada.

O que você achou dessas dicas e informações? Se tiver algo a acrescentar, não deixe de comentar aqui embaixo.

Siga a gente nas redes sociais e acompanhe nosso blog sempre estamos trazendo novidades.

Abraço e até a próxima!