Os elásticos sempre estiveram presentes no mercado da moda. No entanto, surgiu uma nova tendência americana e que está vindo para o Brasil: o uso de elásticos na moda íntima. Tops, calcinhas e sutiãs estão sendo desenvolvidos com uma barra de elástico de diversos tipos: com estampa, com cores contrastantes, com tons básicos, e por aí vai. A tendência é que na temporada de primavera/verão os elásticos cheguem com peso!

No blog de hoje, separamos alguns estilos de elásticos que podem servir de inspiração para você usar em sua coleção. Confira:

Letterings

Os elásticos contendo letterings (títulos estilizados) são usados para agregar valor à marca, pois muitas vezes eles trazem o nome da própria marca ou slogan da empresa em suas composições. Um exemplo claro disso é a Calvin Klein, que costuma ter o nome da marca nos elásticos das roupas íntimas. Agora essa tendência vem forte em calcinhas, tops e sutiãs básicas do nicho esportivo.

Os elásticos mais largos aparecem em peças que procuram dar mais conforto, enquanto os mais finos são colocados em sutiãs mais delicados. O que funciona muito bem é a combinação entre preto e branco, que é a mais conhecida e que acaba sendo a escolha de muitas mulheres que querem manter um look sensual, porém mais básico. No entanto, combinações de tom sobre tom também são uma boa opção para inovar a linha.

Cores básicas

Os elásticos com cores básicas e sólidas, como o preto e branco, já são trabalhados na moda íntima, porém, para a próxima temporada de verão, a tendência é que eles ganhem ainda mais força. A espessura varia muito: como se trata de uma abordagem mais básica, você pode alternar em tamanhos menores, mais largos e médios para os elásticos.

Mas o básico não quer dizer “apenas fique no preto e branco”. O vermelho e rosa se destacam muito e podem funcionar muito bem nesse nicho. Calcinhas e sutiãs que são confeccionados apenas com elásticos, como é feito com muitas lingeries da marca Victoria’s Secret, trazem um toque de sensualidade e são uma boa opção para inovar.

Cores contrastantes

Outra técnica bastante importante e que tem virado tendência é a mistura de cores. Elásticos com cores fluorescentes ou contrastantes estão em alta, pois realçam o look e dão um visual mais esportivo. Elásticos refletivos e furta-cor também funcionam muito bem, dão um estilo mais ousado para quem não quer passar batida no look. Ao contrário dos modelos básicos, usar e abusar das cores pode ser uma ótima alternativa para sair na frente da concorrência e ainda ganhar pontos pela criatividade e inovação da linha.

Estampas

E por falar em ousadia na hora de lançar a linha de roupa íntima, temos também as estampas. Listras e animal print são uma boa pedida – esse tipo de estampa está no topo das tendências de look de 2020, então, por que não investir nos elásticos também? As espessuras vão de acordo com a proposta que você quer dar para a sua coleção, mas como estamos lidando com estampas que chamam muito a atenção, opte por tamanhos menores de elásticos e que possam agradar os dois lados da balança: as pessoas que querem algo mais ousado e as que preferem ficar no básico.

Tons delicados

Peças e materiais mais delicados também funcionam para o elástico. Rendas e tecidos acetinados ganham bastante força, principalmente porque temos que considerar a parcela de mulheres que preferem vestir algo mais sutil, delicado mas que ainda mantenha o estilo. Além disso, os tons pastéis (principalmente o rosa, amarelo, vermelho e azul) fazem muito sucesso e trazem diferença em meio ao básico que já conhecemos. Então juntar esses tons com tecidos mais delicados é uma ótima combinação.

Modelos de elásticos

Falamos muito sobre estilos, cores e estampas, mas quais são os modelos de elásticos mais indicados? Conheça os principais:

  • Elástico bico: forma os detalhes e decora as peças;
  • Elástico de cintura: usado em cós de cuecas, calcinhas e bases de sutiãs, é ótimo para peças esportivas;
  • Elástico de viés: cobre os aros do sutiã e deixa a peça mais confortável;
  • Elástico de debrum: faz o acabamento nas extremidades dos tecidos;
  • Elástico de renda: cuida do detalhe da peça e dá delicadeza para a lingerie;
  • Elástico de base: garante a sustentação da peça e traz grande conforto;

Como a Manatex pode te ajudar

Nós não comercializamos elásticos, porém, temos vários modelos de tecidos em nossa linha de Moda Lingerie que você pode usar em sua coleção para adicionar os elásticos. Clique aqui e conheça toda a linha.

Este foi o nosso artigo sobre a tendência do elástico na moda íntima. A gente espera que o conteúdo tenha sido relevante para você. Se tiver dúvidas, é só entrar em contato com a gente. Fique de olho em nosso blog para mais matérias como esta. Até a próxima!