É extremamente importante que o universo da moda se preocupe com o impacto que está causando no meio ambiente. A busca por produtos mais ecológicos está crescendo muito em nosso país, e o mercado da moda precisa entender essa necessidade e abraçar a causa. Saber de onde os componentes de uma peça de roupa vieram, como ela foi produzida e os impactos causados nessa trajetória é necessário. Mas transformar essas descobertas em maneiras de contribuir para o meio ambiente também se torna essencial.

Isso gera mudanças no comportamento do consumidor: ele está mais atento, buscando consumir produtos mais sustentáveis e se preocupando em como as empresas estão se portando frente a isso.

Por isso, no artigo de hoje, resolvemos falar sobre esse assunto tão importante e necessário dentro do nosso meio. Separamos algumas alternativas mais sustentáveis para o consumo consciente que você pode adotar em suas criações, e também iremos falar sobre o movimento Slow Beauty. Continue lendo:

O movimento Slow Beauty

Esse é um conceito que já falamos aqui em nosso blog. Trata-se de um movimento que busca cuidar do corpo com produtos que possuem a menor quantidade de químicos possível. É um olhar mais natural à beleza, buscando fazer um “detox” de vários cosméticos que podem agredir o corpo, tanto a curto quanto a longo prazo.

É também um ato de amor e respeito ao meio ambiente e aos animais. Pois, é levado em consideração a origem e procedimento de fabricação que esses produtos passam ao longo do caminho. E, dessa forma, optando por alternativas que não agridam o meio ambiente e também que não maltratem os animais.

Conheça a organização BCI

Você já ouviu falar da BCI? Significa Better Cotton Iniciative, uma organização sem fins lucrativos que reúne produtores, beneficiadores, tecelagens, comerciantes, fabricantes, varejistas e organizações da sociedade civil em uma grande parceria, com o intuito de transformar a produção de algodão. Essa instituição padroniza o cultivo, controla a quantidade de agrotóxicos e faz um uso menor de água durante a produção.

A Manatex faz parte do programa BCI. Portanto, nossos fios vêm de uma produção de algodão mais sustentável, e você pode encontrá-los em todos os nossos tecidos que possuam a TAG “algodão sustentável”. Veja mais clicando aqui.

Tecnologia Amni Soul Eco

O Amni Soul Eco é o único fio de poliamida biodegradável do mundo. Ele foi produzido pela Rhodia (integrante do grupo internacional Solvay, de desenvolvimento químico para materiais avançados) e a Manatex já começou a usá-lo na produção de alguns tecidos, como o Eco Bio.

O Eco Bio tem uma fórmula aprimorada, onde acelera a biodegradação de roupas e produtos. Portanto, o fio Amni Soul Eco permite que peças criadas com ele se decomponham rapidamente após serem corretamente descartadas em aterros sanitários. Essa biodegradação começa a agir no momento em que a roupa chega ao aterro. Dessa forma, ele entra em contato com microorganismos que estão no ambiente.

A aplicação mais adequada do tecido Eco Bio é em peças mais delicadas, como calcinhas, sutiãs, cuecas, bodies, e demais conjuntos de lingerie. Seu toque é macio, leve e super confortável, além de apresentar excelente caimento e elasticidade.

Tecnologia Green Fiber

Green Fiber é um compromisso com a proteção do meio ambiente e sustentabilidade. Ela é uma certificação que representa uma redução de custo e um produto sustentável. A produção do fio utiliza uma tecnologia limpa. Ela é isenta de poluentes líquidos, sólidos ou gasosos e do uso de corantes líquidos. Ela também reduz o consumo de energia, água e produtos químicos, bem como o tempo de processamento.

A Manatex utiliza a tecnologia Green Fiber em alguns de seus tecidos. Como o Beach Listrado Mariner, fabricado em microfibra de poliamida com elastano LYCRA®.

Este foi o nosso artigo sobre moda responsável, onde te mostramos algumas alternativas sustentáveis para o consumo consciente. Pegue essas inspirações para poder criar coleções com roupas que respeitem o meio ambiente. Até a próxima!